Alfabeto fonético inglês

Alfabeto fonético: como ele pode ajudar meu inglês?

Quando o assunto é melhorar o inglês, é fácil encontrar muitas dicas e referências na Web. Ainda assim, poucas pessoas falam sobre um macete dos tempos dos dicionários de papel: o alfabeto fonético.

É isso mesmo: ele pode ser um verdadeiro aliado nesse sentido. Você tem interesse em aprender como pronunciar mais claramente as palavras do inglês e garantir a tão sonhada fluência? Então, não deixe de conferir o artigo de hoje.

O que é o alfabeto fonético, afinal?

O Alfabeto Fonético Internacional (AFI) é uma forma de escrever as palavras da forma como são faladas. Pode parecer um pouco confuso, mas é algo como uma linguagem universal. Ele faz com que você consiga se comunicar em todas (ou quase todas) as línguas do mundo.

Como você já deve ter percebido, no inglês, ou em vários outros idiomas existentes, as letras podem ter sons diferentes, mesmo que haja semelhanças entre as palavras.

Uma confusão comum são as palavras book e blood, que possuem o mesmo encontro vocálico, mas possuem sons diferentes. Pode soar muito confuso em um primeiro momento, não é mesmo?

Diante dessa necessidade em se documentar precisamente a pronúncia das palavras é que, em meados do século XVII, um primeiro alfabeto dos sons foi criado. Este sofreu diversas reformas – a última em 2005 – e o Alfabeto Fonético possui hoje 107 letras.

É claro que você não precisa se desesperar e conhecer todas as letras, sinais e sons do alfabeto fonético para falar bem inglês. Até por que essa é uma tarefa muito difícil. Afinal, a transcrição literal das palavras varia de acordo com regionalismos e sotaques, e alguns dicionários de inglês utilizam notações diferentes.

O American Phonemic Transcription é um ótimo exemplo, que não utiliza caracteres especiais e substitui estes por símbolos ortográficos.

Como ele pode me ajudar a estudar inglês?

A boa notícia é que, mesmo sem ficar muito bitolado, o alfabeto fonético pode ser um grande aliado. É isso mesmo: ele pode te ajudar a estudar inglês e ter uma pronúncia ainda mais correta.

Essa pode ser uma grande ajuda no caso de algumas palavras com pronúncias muito próximas. Elas normalmente podem te colocar em saia-justa, então é bom tomar cuidado.

Um exemplo é o caso das palavras beat (batida), beach (praia) e bitch (cadela – também utilizado pejorativamente para denegrir uma mulher). Sejamos francos: pode ser muito difícil pronunciar essas diferenças e fazer seu inglês corretamente compreensível.

Dessa forma, com o auxílio do alfabeto fonético, você entenderá que o “ea” de beach tem pronúncia parecida com o do “i” de bitch, porém mais prolongada; e que o “t” no final da palavra beat não possui o som de bife na frigideira (chhhh). Por outro lado, ela possui um som mais fechado, semelhante a pronúncia da letra “t” como se ele fosse “mudo”.

Outro detalhe facilmente percebido para quem utiliza o alfabeto fonético é a não correspondência do som do “th”. Ele não existe no nosso idioma, o que pode causar muita dificuldade para quem quer aprender a falar inglês.

Para se pronunciar corretamente, normalmente se sugere que o falante coloque a língua nos dentes incisivos, e pronuncie um misto de “t” e “f”.

Além disso, eu não poderia deixar de falar aqui que, por mais importante que essa dica seja, nada de ficar muito preso nela. O alfabeto fonético pode ajudar muito, sim! Contudo, não se esqueça da dica de falar mesmo que a pronúncia não esteja perfeita.

A melhor forma de progredir é falar mesmo não estando pronto. Só assim você melhora e consegue continuar se desenvolvendo.

Exemplos reais

Para você ter uma noção sobre como o alfabeto fonético pode ser de grande ajuda, muitas pessoas supõem que esse seja o grande segredo do discurso do Papa Francisco – assim como de outros Papas. Essa é uma forma de garantir que eles façam discursos em diferentes línguas. Já reparou como eles sempre têm a pronúncia muito próxima da realidade? Sensacional, não é?

Depois de ler essa postagem, você certamente já percebeu que essa medida pode demandar um certo trabalho. Porém, pode trazer muita ajuda também! Então, que tal investir nesse cuidado com o seu inglês e diminuir o sotaque? Acredite: o alfabeto fonético pode te aproximar de um inglês fluente e garantir ainda mais segurança na hora de falar.

E você, achou o que sobre o assunto? Não deixe de pesquisar um pouco mais sobre o tema e garantir uma ajuda na hora de falar inglês com mais fluência. Para continuar acompanhando as nossas dicas, não deixe de curtir a nossa página no Facebook. Nos encontramos por lá!

Comentários