Inglês para trainee executivo

Dicas de inglês para se garantir nos processos de trainee

Passar em um processo de trainee é o sonho de grande parte dos jovens recém-formados. Como uma poderosa opção de desenvolvimento e aceleração de carreira, se firmou como um dos melhores caminhos em um país em crise. Como você deve saber, a maioria deles exige inglês avançado ou fluente. Isso dificulta muito a vida de alguns candidatos. Se você está nessa situação de quem quer turbinar o inglês e se garantir nos processos futuros, então não pode deixar de ler essa postagem!

Inglês: um diferencial competitivo

Nos dias de hoje, quem quer alcançar um cargo alto e reconhecimento no mercado de trabalho, precisa falar inglês. Isso é fato! Você provavelmente já ouviu esse pré-requisito antes, mas muitas pessoas ainda não dão o valor que ele merece. Prova disso é que muitos candidatos caem justamente nessa etapa. Segundo dados dos processos seletivos, as provas online conseguem filtrar mais ou menos 60% dos inscritos – uma parcela considerável, concorda?

Para lidar com essa situação com mais facilidade, veja o que você pode fazer para se dar bem:

1. Aprenda perguntas frequentes

Existem perguntas que são muito frequentes nos processos de trainee. Nesse caso, é batata: elas sempre caem – isso vale para os mais diferentes testes. Para não ser surpreendido e conseguir bons resultados, você pode procurar que perguntas são essas e se preparar para respondê-las. Para ajudar você, vou ser um pouco mais detalhista nesse tópico.

Teste oral

As empresas com um processo mais estruturado fazem testes orais para averiguar a fluência em inglês do candidato. Nesse caso, eles podem explorar entrevistas por telefone ou por Skype, por exemplo.

Para não ser pego de surpresa, é bom sempre praticar e desenvolver sua conversação em inglês. Eu já tratei desse assunto aqui no blog e afirmo: ele é fundamental para quem quer atingir a fluência em inglês. Para ser ainda mais assertivo, é bom saber mais ou menos o que eles perguntam. Desta forma, fica mais fácil se preparar de maneira mais específica.

Como o nível de inglês exigido é alto, as perguntas também podem ser igualmente profundas. Com isso, tendem a sair muito daquele nível básico/intermediário de alguns anos.

Além disso, é bom aprender a falar da sua vida em inglês. Quem já aprendeu a falar inglês com fluência, sabe falar da sua vida, sentimentos e experiências, então nada mais natural que eles cobrem esse tipo de conhecimento. Acredite em mim: esse é um grande diferencial! Principalmente nas conversas orais, já que muitas delas começam com esse bate-papo mais informal e simples.

Testes online

Agora que você já sabe que os testes online conseguem filtrar muitas pessoas, é bom saber se preparar. Até mesmo porque você precisa desses conhecimentos para conseguir a vaga que você tanto quer e dar um super pontapé inicial na sua carreira.

Esses exercícios estão longe de serem simples, mesmo que tenham questões de todos os níveis (desde as mais simples até as mais elaboradas). Eles programam dessa maneira com uma razão: entender o seu real nível de inglês e como é a sua percepção sobre a língua.

O que poucos candidatos sabem é que eles estão cheios de pegadinhas – até mesmo os exercícios mais simples. Mesmo com as perguntas que você acha que domina ou considera fácil, pode acabar deixando passar algum detalhe despercebido. Isso pode ser crucial para sua aprovação ou não no processo. Veja alguns que caem matando nos testes de inglês online:

Hifens e adjetivos (principalmente os compostos)

Essas são grandes pegadinhas que podem ser fundamentais para sua classificação. Os adjetivos compostos e os hifens têm modos de utilização bem diferentes e os testes querem pegar justamente se você tem o conhecimento desse nível de inglês (que é bem avançado).

Quando eu escrevo: “It’s a five-meter-long shark” ou “It’s a five-meters long shark”, você consegue deduzir qual das suas frases está correta? Eu trouxe apenas duas opções, mas pense que os testes trarão 4 ou 5 delas, ficando ainda mais fácil se confundir e errar.

Nesse caso, estamos usando mais de um adjetivo em uma mesma frase. Quando isso acontece, a norma do inglês prevê que os adjetivos estejam no singular e separadas por hífen. Então, é bom tomar cuidado, pois, se as palavras estiverem no plural ou ainda sem o hífen separando, a construção está errada.

Então agora você já sabe: a primeira opção está correta. Entretanto, convenhamos: pode ser bem fácil errar, não é verdade?

Substantivos contáveis e incontáveis

Esse é mais um exemplo de exercício que cai matando nas provas de trainee. Eles começam te dando uma frase e você precisa completar com a opção correta, considerando vários pontos. Uma opção muito comum e que pode derrubar muitos candidatos é sobre “information”. Muitas pessoas não sabem conjugar ou se é correto falar a information – an informationsome information.

Para não cair nessa pegadinha e acabar perdendo uma vaga nesses processos de trainee, não se esqueça da relação dos substantivos contáveis e incontáveis. Geralmente, aprendemos esse ponto no começo das aulas dos cursos de inglês. “Information” está nesse bolo de substantivos incontáveis e, como você deve imaginar, eles despencam de cair nas provas de inglês dos processos de trainee.

Esse detalhe pode ser simples, mas demonstra que você não tem fluência na língua. Nesse caso, seria algo parecido como dizer em inglês palavras como “menas” e “seje”, atitude que provoca muitos arrepios. Para não cair nessa pegadinha e usar o artigo errado, é bom se programar.

Para lidar com essa situação, nada melhor que treinar seu inglês. Dê uma repassada nas palavras que são incontáveis e não se esqueça que deve usar outras definições antes delas, bem diferentes de artigos como a/an. Fique ligado e não caia nessa pegadinha que derruba muita gente!

Expressões comuns

Ainda nesse tipo de exercício de completar a frase, é muito comum o uso de expressões que são frequentes na língua, mas pouco exploradas pelas escolas de idioma. Os exemplos são os mais diversos possíveis e podem variar muito quanto ao uso do tempo verbal, o que querem dizer e como eles usam para se expressar.

Para não ser desclassificado, vale a pena dar uma repassada nesses pontos e recordar das expressões mais comuns. Elas também caem a rodo nas provas de trainee e muitos candidatos ficam sem entender o que querem dizer. Até porque elas podem não fazer muito sentido em um primeiro momento.

2. Faça testes online

Para ter resultados melhores, é sempre bom fazer testes para treinar. Isso vale para diversas coisas na sua vida e não seria diferente no caso do inglês. Portanto, procure alguns sites que promovam isso, disponibilizando provas, compartilhando as pegadinhas mais comum e todas as “manhas” desses processos. Assim fica mais fácil entender o que você precisa melhorar.

Pense que as pessoas fazem isso para se preparar para vestibular e outros concursos e você deve fazer a mesma coisa para os processos de trainee. Já existem diversas opções disponíveis na internet, ajudando você a progredir e estar mais preparado.

3. Tenha uma agenda semanal de treinos

O foco e a resiliência são grandes aliados para quem quer conquistar uma vaga importante. Como falei, o treinamento é muito importante, mas pode ser difícil se programar e conseguir desenvolver esses pontos em meio a todas as outras atividades.

Para não se perder, crie uma agenda semanal de treinos do inglês. Dessa maneira fica mais fácil determinar um horário ou tempo específico para se se dedicar aos testes. Assim você cria um compromisso diário ou semanal e segue progredindo. Não tem escapatória: você vai arrasar nos testes de inglês.

4. Prossiga estudando sempre

Independente se você está no time de quem ainda não tem o inglês fluente ou de quem já adquiriu essa habilidade, é bom se lembrar que precisa continuar se desenvolvendo. Além dos testes online, você pode apostar em aulas de inglês pela internet, aplicativos para o celular e diversas outras maneiras para se desenvolver e ser desafiado.

Esse ponto é muito importante e uma segunda língua exige esses cuidados especiais. Você deve estar sempre mantendo contato, treinando suas habilidades e apostando em melhorias, pois só assim é realmente possível dominar o idioma.

Dica final: Tenha muito cuidado ao envolver outras pessoas

Quando falo dos testes online de inglês, muitos candidatos a trainee envolvem outras pessoas para fazerem as provas de maneira conjunta ou até terceirizam o trabalho, pedindo para um amigo fazer. Essa pode ser uma opção tentadora em um primeiro momento, mas você será exigido nesse mesmo nível uma hora ou outra.

E convenhamos: pode não ser nada agradável seu gestor ou alguém da empresa perceber que você burlou os testes e não tem esse nível de inglês, não é mesmo?

Seja ético e deixe esse jeitinho malandro de lado. Pode parecer que você está ganhando, mas, na verdade, não está. Faça os testes e busque desenvolver a fluência no inglês por essas e outras razões.

Seguindo esses pontos e se esforçando, você vai conseguir conquistar ótimos resultados. Acredite sempre no seu potencial e tenha em mente que você pode sim conquistar uma vaga em um processo de trainee, deslanchando sua vida profissional!

Se esse conteúdo ajudou você e pode ajudar outras pessoas também, que tal compartilhá-lo nas redes sociais? Essa é uma maneira de ajudar outras pessoas que estão passando por esse momento e ajudá-los a atingir seus sonhos!

Comentários