financiamento de intercâmbio

Financiamento de intercâmbio – saiba como ter o seu!

Já falei algumas vezes aqui no blog sobre como um intercâmbio pode ser agregador! Ele abre portas pessoais e profissionais e, com certeza, é uma das melhores experiências da vida. Apesar de muitas pessoas apresentarem dificuldades em separar um dinheiro para desfrutar desse tempo, existe uma ótima alternativa: o financiamento de intercâmbio.

Pensando nisso criei uma postagem com países em que você pode morar e trabalhar – o que ajuda muito! O financiamento de intercâmbio te aproxima do sonho e torna o processo bem mais fácil.

Se você ficou curioso e quer entender mais sobre o assunto, então esse post foi feito para você!

O cenário atual

As notícias podem ser boas ou ruins. A crise econômica que assolou o país nos últimos anos fez com que o Governo diminuísse o investimento nesse tipo de auxílio. Como reflexo, muitos bancos deixaram de oferecer muitas facilidades de acesso também.

Ainda assim, o cenário está longe de ser o mais desesperador. Muitas agências e empresas se mobilizaram para oferecer alternativas para quem sonha com uma vivência internacional.  Somado a isso, muitas universidades se engajaram e oferecem bolsa e outros auxílios – basta ficar antenado e se esforçar!

Por essas e outras é fundamental estar engajado e ter um bom planejamento! Esse é o melhor caminho para procurar bons preços de passagens, um lugar para ficar, curso e todos os outros detalhes.

Opções de financiamento de intercâmbio

Por mais que estejam mais escassas, ainda existem boas opções para um financiamento de intercâmbio. Veja:

Financiamento em bancos

Os bancos podem ser grandes aliados na conquista desse sonho. Porém, poucos mantêm uma linha de crédito para financiamento de intercâmbio. O Bradesco é um exemplo positivo, apesar da falta de estímulo do Governo. O banco segue oferecendo empréstimos com parcelamentos em até 48 meses e taxas especiais.

Esses programas são contratados sem grande dificuldade, mas exigem alguns documentos e tempo dedicado no processo. Por isso é bom se preparar para pesquisar e conhecer cada um deles sem grande dificuldade!

Bolsas das universidades estrangeiras

As bolsas para intercâmbio podem ser integrais ou parciais, mas sempre representam uma ajuda e tanto. Você pode começar tentando com as próprias universidades, mas elas exigem excelente notas e muito compromisso com os estudos.

Além disso, para fazer a graduação por lá é fundamental já ter o inglês fluente. Então, o segredo é começar a estudar inglês já para garantir essa habilidade!  Somado a isso você ainda vai precisar apresentar carta de recomendação, provas de proficiência em inglês, carta pessoal e outros detalhes. Como você pode perceber, não é nada fácil, mas vale a pena o esforço!

Uma dica também é mudar para a cidade em que gostaria de estudar, desenvolver o seu inglês e, por lá mesmo, já tentar entrar na universidade que preferir. É claro que isso envolve mais gastos, mas pode tornar tudo um pouco mais fácil!

Bolsa da universidade brasileira

O Brasil também conta com algumas vagas para mandar alunos de destaque para estudarem em outro país. Isto pode ser por um período ou por mais tempo. Embora não seja tão comum para os programas de graduação, existem muitas vagas para mestrado e doutorado.

Fique de olho e aproxime-se dos professores e orientadores. Eles são os responsáveis por grande parte das indicações. Portanto, nada melhor que ter um bom relacionamento com eles, certo?

Programas específicos

Existem ainda outros programas específicos e que podem representar um financiamento de intercâmbio. O Ciências sem Fronteiras é a opção mais conhecida, mas sofreu muito com os contingenciamentos dos últimos meses. Ainda assim, você ainda consegue encontrar algumas oportunidades.

Além disso, existem muitas outras oportunidades para obter bolsa de estudo no exterior. Entre elas estão o Jorge Paulo Lemann Scholarship e outros caminhos!

Seu próprio financiamento

Agora, uma saída é também investir em um ótimo financiamento de intercâmbio feito por conta própria! Trace seus planos e guarde todo o dinheiro que conseguir. Aposte em trabalhos freelancers nos finais de semana, pois eles são grandes aliados na hora de juntar dinheiro!

Pesquisando muito você consegue encontrar opções bem mais em conta. As passagens, por exemplo, podem ser compradas com antecedência. Além disso, você pode aprender a cozinhar em casa e pesquisar atividades gratuitas.

Agora você conhece alternativas a seguir para o tão sonhado financiamento de intercâmbio. Por isso, não deixe de ficar de olho, pesquisar com frequência e se engajar!

E você, conhece algum amigo que precisa de dicas nesse sentido? Então compartilhe esse post agora mesmo nas redes sociais e faça com que ele tenha acesso ao conteúdo! Nos vemos por lá!

Comentários