Aprender a Falar Inglês

Guia Definitivo de Sobrevivência

Quando o assunto é aprender a falar inglês, você provavelmente já sabe que essa é uma necessidade nos dias de hoje. A língua mais falada no mundo abre muitas portas para experiências inesquecíveis.

Falando fluentemente, você escapa daquele aperto sempre que vai viajar para fora do Brasil e do medo de não conseguir se comunicar. E não é só isso: também existe aquele desconforto nas situações de trabalho ou da faculdade que sempre deixam as pessoas que não sabem inglês com um constrangimento, não é?

Para parar com esse sofrimento de uma vez por todas, não deixe de ler o nosso guia definitivo de sobrevivência. Com ele você deixa a ansiedade de lado e sai falando inglês com mais facilidade. Vamos lá?

Não tenha medo de errar

O ponto número 1 e que ainda segura muitos brasileiros: o medo de errar. A sensação de estar falando alguma coisa sem sentido ou estar com a pronúncia incorreta. Para aprender a falar inglês (ou qualquer língua) de verdade, é muito importante arriscar e sair falando.

Acredite: se as pessoas não entenderem o que você quer, podem perguntar mais uma vez e você terá uma nova chance de se expressar. E tem outra: se você está falando com a pronuncia incorreta ou com a construção um pouco diferente do que seria o ideal, as pessoas entendem isso. Afinal, essa não é a sua primeira língua e ninguém tem que saber falar com fluência logo de cara.

Seja paciente consigo mesmo e, com o passar do tempo, você vai continuar progredindo e melhorando. Só não tenha na sua cabeça que tem que saber tudo para começar a falar inglês. Essa é uma enganação que aprisiona as pessoas e faz com que seu progresso seja mais lento. Portanto: não caia nessa cilada!

O medo de errar não deve reter você, mas sim servir como um estímulo para que você continue melhorando e erre cada vez menos.

Estude a partir de atividades que gosta

Quer maneira melhor de aprender alguma coisa que envolvendo atividades que você já tem prazer? Fica bem mais fácil – isso é fato. Então comece unindo o útil ao agradável agora mesmo.

Para começar, você pode pegar aquela banda internacional que você adora e tentar entender o que eles estão falando nas suas músicas preferidas. Se essa atividade parecer muito difícil, você pode baixar a letra em inglês em algum site de música e tentar traduzir, pois essa simples atividade já tem um ótimo impacto.

Em seguida, é só arrasar e cantar a música da forma correta, prestando atenção na pronúncia. Assim você se distrai, se diverte e ainda está aprendendo.

E não precisa se restringir só a música. Essa é apenas uma opção, mas existem várias outras e você pode fazer isso com uma facilidade incrível. Se você é amante do cinema, por exemplo, quer maneira melhor que saber o que rola sem considerar Hollywood?

Você pode pesquisar informações em diversos sites em inglês, ver vídeos e aproveitar a oportunidade para ir treinando tudo. E essas ideias podem se expandir e ser aplicadas em diversas situações do seu dia a dia.

Assista filmes e seriados em inglês

Os brasileiros vivem uma paixão arrebatadora com o Netflix – além de serem amantes de filmes e séries de qualidade. O melhor de tudo é que eles também podem ajudar bastante a aprender inglês.

Colocando os filmes sem ser dublado já ajuda bastante. A opção de legendas em português, legendas em inglês ou sem legendas dependerá muito do seu nível, então fique confortável para escolher a melhor opção para você (desde que ela não envolva o filme dublado).

Para resultados ainda melhores, você também pode mudar as funcionalidades do seu smartphone e do computador para o inglês e procurar livros e outras leituras nessa língua.

Assim você vai criando uma imersão nessa nova linguagem. Quando mais você se expor e tiver contato com a língua, mais vai acelerar o seu processo de aprendizagem e começar a pensar dentro desse idioma. Quanto mais contato você tiver, mais fácil fica falar inglês.

Seja constantemente motivado

A motivação é outro ponto importante para quem quer aprender uma nova língua. É importante não deixar a peteca cair e se esforçar para continuar interessado e progredindo. E isso você provavelmente já ouviu: “aprender depende muito mais do aluno que do professor”.

É claro que o método correto pode funcionar muito e ajudar você a se manter motivado, mas a empolgação e o compromisso realmente são papéis de quem quer aprender, então esteja sempre esforçado e com vontade de melhorar. Sem a vontade que parte de você, nem mesmo o melhor professor do mundo à sua disposição pode fazer com que você progrida.

E convenhamos: a melhor motivação é justamente perceber que está aprendendo. Conforme você vai percebendo isso, que está entendendo e falando melhor, você continua com a gana de estudar e de fazer a sua parte, não é? Afinal de contas, quem não quer conquistar bons resultados?

Por isso, tome para si a responsabilidade pelo seu progresso, avalie se o método que você escolheu está funcionando para você e continue perseguindo a atualização. Andando assim, você fica cada vez mais próximo do seu objetivo de falar inglês com fluência.

Vá além da gramática

Muitos estudantes ficam muito presos à gramática e as regras que ela traz consigo. É claro que ela tem um papel relevante quando o assunto é aprender a falar inglês, mas demanda um esforço de memorização enorme. Isso pode acabar deixando tudo muito chato e cansativo. Além disso, você acaba ficando muito preso às formulas.

Entenda que existem maneiras mais interessantes e fáceis de fazer isso. Você pode, por exemplo, memorizar algumas fases ou sentenças que são muito úteis para começar. Essa é uma maneira de saber o que falar em determinada situação, quebrando um galho danado. Pode ainda ter modelos de exemplo quando precisar formular alguma frase no mesmo sentido.

Tendo isso em mãos, você nem precisa apenas se lembrar da regra. Basta criar a frase em cima do modelo. Fica bem mais fácil e mais dinâmico!

Treine sua compreensão oral

Entender o que as pessoas estão falando é fundamental para criar uma conversação, concorda? Esse ponto não poderia faltar no desenvolvimento de um guia prático para falar inglês e é muito importante que você se esforce para entender isso.

Escute pessoas falando inglês em diversas situações e tente entender o que elas falam. Como já citamos acima, você pode fazer isso com músicas, seriados ou ainda com podcasts e vídeos de seu interesse. Entenda o que as pessoas estão falando e você terá um progresso incrível.

E ah, outra cilada é que muitos brasileiros pensam que precisam entender tudo de uma conversa. Ledo engano! Fixe-se na conversação de uma maneira geral. Entendendo o conteúdo da conversa e prestando atenção nas palavras que já conhece você consegue entender o contexto.

Além disso, você já vai estar aprendendo e desenvolvendo sua audição para captar ainda mais coisas em inglês, o que é ótimo e traz ganhos incríveis!

Para aprender a falar inglês de forma efetiva, você deve fazer com que seu ouvido e seu cérebro se acostumem com essa língua. Assim como os jogadores de futebol, que treinam infinitas vezes para acertar o pênalti e algumas jogadas, você também deve escutar os áudios e seguir treinando várias vezes – assim você melhora muito a sua compreensão oral.

Aposte em novos métodos

Como você já percebeu, muitos brasileiros ainda estão presos em mentiras quando o assunto é aprender a falar inglês. Outra cilada muito comum é a necessidade de investir no método tradicional das escolas de inglês, que levam anos e ainda são pouco efetivos.

Os caminhos podem ser diferentes e alguns deles podem fazer com que você melhore e conquiste resultados de forma mais eficiente. Uma boa medida é assistir aulas online. Elas são uma opção mais barata e ainda trazem como vantagem a possibilidade de você se programar como preferir, assistindo as aulas no horário ideal para você.

Com esse modelo, você também consegue investir no seu desenvolvimento e andar conforme você quer. Tudo isso porque você não fica refém do professor ou da turma, melhorando suas aptidões segundo seu desempenho e interesse.

Esse método tem se revelado incrivelmente eficiente e aumentando o número de adeptos, pois você consegue fazer na comodidade do seu lar. O Acelerador do Inglês 2.0 nasceu justamente com essa proposta. Ele pode ser uma solução para você que precisa aprender a falar inglês, mas nunca se adaptou aos métodos disponíveis no mercado.

Fica bem mais fácil aprender a falar inglês com as dicas que levantamos aqui hoje. Entretanto, não adianta apenas ler essa postagem, concorda? Coloque esses pontos em prática e desfrute dos benefícios. Garanto que você vai perceber um progresso assustador! Acredite em mim: em pouco tempo você vai estar falando em inglês e prosseguir melhorando.

Se você gostou dessas dicas, que tal acompanhar o nosso conteúdo? Temos produzido materiais muito interessantes e que podem ajudar muito você a aprender inglês.

Curta a nossa página no Facebook. Nos encontramos por lá! Até a próxima!

Comentários