inglês na infância

Inglês na infância é a melhor hora de começar?

Se você tem acompanhado o blog há algum tempo, então já sabe que o inglês é uma habilidade cada vez mais pedida no mercado de trabalho. Seu peso vem crescendo tanto, que alguns pais já começam a se mobilizar para que seus filhos aprendam e desenvolvam o inglês na infância.

Nada mais natural, já que esse ponto pode ser determinante e abrir muitas portas na vida adulta. Mas você já parou para pensar qual é a melhor hora para aprender inglês na infância? Descubra isso na postagem de hoje!

O poder da infância

Uma coisa não tem como fugir: a infância representa a melhor época para alguém aprender alguma coisa. O período é marcado por muitas descobertas e isso acontece porque os pequenos estão curiosos para aprenderem tudo que puderem.

Isso tudo sem contar que eles também têm menos barreiras e preconceitos. Essa é uma maneira de aprender de forma mais eficiente e com uma memorização a longo prazo. Sabendo dessa realidade, os pais têm colocado os filhos em cursos desde cedo – o que é totalmente justificável.

O dilema da idade certa

É nesse momento que entramos naquele questionamento: estariam os pequenos preparados para todo esse fluxo de informação? Quando eles estariam preparados para começar a absorver uma nova língua sem que essa atividade se torne um peso?

Pois bem, aí entra um ponto importantíssimo. A criança pode (e deve) começar a aprender inglês por volta dos 5 ou 6 anos de idade, mas é fundamental entender que o método empregado deve ser diferente.

Nessa idade, é muito importante que as aulas sejam lúdicas, envolvam muitas brincadeiras e sejam atrativas para esse público. Essa é uma forma de fazer com que elas estejam em contato com o idioma e nem sequer percebam que estão sendo tão demandadas assim.

A memorização

A infância tem períodos diferentes e é bom entender um pouco melhor para saber qual é o momento ideal para seu filho aprender inglês na infância. Do nascimento até os 4 anos de idade ele recebe uma grande carga de material, pois praticamente tudo que aprende é novo.

O problema é que ele não consegue organizar esse tipo de conteúdo. Isso acontece porque o hipocampo ainda não está totalmente desenvolvido. E esta é a parte da memória responsável pela duração da informação

Nesse tempo, a criança pode aprender muitas coisas, mas vai acabar se esquecendo. Ou seja, não adianta investir em conteúdos importantes a longo prazo, pois tudo vai acabar se perdendo.

Esse ponto passa a ser desenvolvido entre 4 e 6 anos – quando então ele consegue aprender com mais facilidade. Depois disso tudo, com o cérebro um pouco mais amadurecido, é o momento ideal para introduzir uma nova língua.

Aprender na vida adulta

Com o passar do tempo, o cérebro vai ficando cada vez mais comprometido com a língua materna. Embora esteja longe de ser impossível, vamos apresentando mais barreiras e dificuldades para aprender um segundo idioma.

Como seu cérebro já se familiarizou com novas possibilidades de estruturação de frases, fica um pouquinho mais difícil associar todo esse processo novamente. É claro que isso não é impossível e muitas pessoas podem aprender inglês mais velhas.

Ainda assim, caso você possa oferecer essa experiência, é melhor que seu pequeno tenha contato com18 a língua desde a infâ18ncia. Essa janela de oportunidades (que é o período “ideal” para aprender), vai dos 6 até a puberdade, então não deixe de aproveitar!

O ensino da escrita

Como falei acima, o inglês para crianças deve começar como uma brincadeira e só então evoluir para questões mais elaboradas. A questão da escrita, por exemplo, deve acontecer depois da alfabetização na língua materna.

Acredite em mim: levar os dois processos juntos pode trazer um pouco de confusão e fazer com que seu pequeno tenha dificuldade em escrever corretamente. Então, melhor respeitar esse momento, não é mesmo?

Os benefícios da prática

Para fechar essa postagem, não poderia deixar de trazer aqui os benefícios de aprender inglês na infância. Além de ter o domínio do principal idioma do mundo, você também amplia consideravelmente sua capacidade de raciocínio, facilidade na solução de problemas e ampliação da criatividade.

Sejamos francos: vantagens importantíssimas e que podem diferenciar no mercado de trabalho. Isso tudo sem contar que ele já cresce sabendo que existem outras maneiras de se comunicar. Isso instiga seu interesse pelo assunto e torna ainda mais fácil aprender novas línguas.

Agora que você já sabe como aprender inglês na infância pode ser importante, não deixe de colocar seu filho no melhor método para ele. Você vai se encantar como ele vai progredir rapidamente.

Se você gostou dessa postagem, então não deixe de curtir nossa página no Facebook. Por lá você encontra esse e outros materiais que temos produzido também!

Comentários