principais gafes que os brasileiros cometem

Conheça aqui as principais gafes que os brasileiros cometem no exterior

Muitos brasileiros ficam sonhando com o momento em que vão juntar uma quantia de dinheiro e conseguir fazer a tão sonhada viagem internacional. Esse é o sonho de muitas pessoas dessa nova geração, cada vez mais preocupada com a experiência.

Ainda assim, viajar é o sonho da maioria das pessoas (normal, já que esse tipo de experiência realmente é super de bom)! O que muitas pessoas esquecem é que, por mais que tenhamos semelhanças com alguns países, ao mesmo tempo temos costumes bem diferentes.

Por isso é bom tomar cuidado e saber que nem tudo que é comum por aqui é normal em todos os destinos. Foi pensando nisso que decidi criar uma postagem com as principais gafes que os brasileiros cometem no exterior. Assim você fica sabendo e se previne de pagar esse micão! Vamos nessa?

1. Chamar uma pessoa que não é próxima pelo primeiro nome

Esse é um ponto muito difícil para nós, pois não perguntamos o sobrenome quando conhecemos uma pessoa aqui no Brasil. Seguindo a mesma lógica, não chamaríamos um recém-conhecido dessa forma.

Mas essa não é a realidade de todos os destinos. Países como Estados Unidos e Inglaterra, por exemplo, acham muito esquisito quem chama a pessoa pelo primeiro nome sem ter intimidade com ela (tendo até um certo ar de desrespeito).

Portanto, tome cuidado e pergunte sempre como a pessoa gostaria de ser chamada. Essa ainda é a melhor forma de evitar constrangimentos e ter um posicionamento formal.

2. Resistir em dar gorjeta

Esse é um ponto que causa muita polêmica, mas é bom ir com calma. Aqui no Brasil, os restaurantes e bares costumam dar a opção de dar 10% de gorjeta para o garçom. Como muitas vezes esse valor não é compartilhado com os times trabalhados, muitos brasileiros acabaram deixando esse hábito de lado.

Em vários outros países a realidade é bem diferente. Além do fato de o valor ser compartilhado entre quem trabalhou, não dar gorjetas pode ser até um pouco feio e rude. Ainda assim, essa está – sem sombra de dúvidas – entre as principais gafes que os brasileiros cometem.

E tem mais: dar 10% de acréscimo significa que você não gostou do serviço prestado, o que também não é muito legal. Portanto, prepare o bolso para dar um valor um pouco maior (normalmente na casa de 15%).

3. Dar abraço na hora de cumprimentar

Somos um povo caloroso e que adora se relacionar – mas nem todo mundo é dessa maneira.  Chegar dando abraços e beijinhos pode ser bem fofo por aqui, mas um tanto quando esquisito em outros destinos.

Pense que alguns desses lugares usam apenas um aperto de mão. Consegue perceber como um abraço pode não ser tão bem recebido assim? Então tome cuidado e considere que, se não for próximo de alguém, tenha um pouco de ressalva na hora de cumprimentar.

4. Chegar atrasado para encontros e reuniões

Os brasileiros costumam ser bem flexíveis com horários (um ponto que pode ser bem diferente em outros países). Se você marcou um encontro para 20h e não chegou até 20:20h, pode ser que seu convidado tenha ido embora nesse meio tempo.

Se você for dar uma passeada nesses lugares, tome cuidado com o tempo, pois ele pode acabar trazendo algumas complicações e desgastes para você!

5. Fungar o nariz em público

Ninguém gosta de ficar resfriado – isso é fato. Mas em alguns destinos, pode ser simplesmente insuportável ver alguém respirando forte com o nariz entupido. Estranho, né? Por isso, assoe o nariz com frequência, mas não fique fungando o nariz na frente de ninguém.

Ah, outro detalhe importante: esqueça a ideia de assoar o nariz em público. Alguns países não toleram esse hábito, considerando-o muito nojento.

6. Entrar de calçado na casa das pessoas

Esse é outro hábito muito comum no Brasil, mas que não é tão bem aceito em qualquer lugar! Muitos países aboliram o costume de entrar de sapato em casa (e isso envolve as mais diversas crenças).

Para não fazer errado, fique de olho e converse com o anfitrião. Além disso, caso eles adotem outras práticas, é bom reparar os sinais. Na maioria dos casos, existe uma área logo depois da porta onde as pessoas deixam os calçados.

Depois de descobrir quais são as principais gafes que os brasileiros cometem fica mais fácil saber como se preparar para essas situações, certo? No seu caso, qual seria a gafe que você cometeria com certeza? Comente no espaço abaixo!

Comentários