Começando a aprender inglês

Tipos de texto que ajudam quem está começando a aprender inglês

Se você está no grupo das pessoas que estão começando a aprender inglês, então sabe que a tarefa não está entre as mais fáceis. Por mais que não esteja entre os idiomas mais difíceis do mundo, o começo pode ser um pouco assustador (assim como outras coisas da vida)!

Considerando esse contexto de iniciantes, não podemos fugir do fato de que a leitura de textos pode ser uma grande aliada para quem quer acelerar os conhecimento. Nada mais natural, já que a prática ajuda a se familiarizar com novas palavras, entender estruturação e vários outros detalhes.

Para entender um pouco mais sobre como os textos podem ajudar você, que está começando a aprender inglês, a turbinar seu inglês, leia o post de hoje até o final.

A importância dos textos em inglês

Como adiantei, os textos podem ajudar muito quem está começando a aprender inglês. Ainda assim, não estamos falando de qualquer conteúdo ou qualquer tipo de texto. O ideal é procurar algo que esteja dentro do seu nível de conhecimento. Desta forma, você consegue compreender o que ele quer comunicar.

Algumas pessoas acabam indo “com muita sede ao pote” e partindo para textos muito elaborados. Embora pareça uma forma de acelerar seu inglês, essa medida pode ser uma verdadeira cilada.

Além de não entender quase nada, é bem provável que você acabe se sentindo um pouco desmotivado depois de perceber que não está conseguindo evoluir. Por isso, antes de sair procurando qualquer texto por aí, atente-se ao nível de conhecimento exigido por ele.

Depois desse primeiro detalhe, quando estiver com o texto indicado para o seu nível de conhecimento, então vai perceber como eles podem te ajudar.

Vantagens que a leitura pode trazer

Se você ainda não está muito convencido sobre como a leitura em inglês pode ser positiva para expandir seus conhecimentos, veja algumas vantagens que listei abaixo:

Expandir o vocabulário

A leitura em inglês faz com que você acabe se deparando com muitas palavras que ainda não conhece. Algumas delas você consegue deduzir no próprio contexto. Porém, outras exigem um trabalho maior de pesquisa e definição.

Como você deve imaginar, essa é uma ótima forma de expandir o vocabulário. Acredite em mim: a lista das palavras que você conhece vai crescer consideravelmente com essa prática!

Entender a estrutura

A formação de frases pode causar um pouco de confusão para quem está começando a aprender inglês. A estrutura das perguntas, por exemplo, que traz o verbo para o começo, é um dos exemplos que traz muitas dúvidas.

Quando você adota o hábito de ler textos em inglês, então fica bem mais fácil ver como essas frases são estruturadas e se acostumar com o modelo e vários outros detalhes. Ou seja, um benefício e tanto!

Melhorar a pronúncia

Uma dica importante é tentar conjugar a leitura de alguns textos com os áudios. Assim, o resultado poderá ser ainda melhor. Pense comigo alguns segundos: dessa forma simples você aprende a forma correta de pronunciar. Você vai perdendo um pouco do sotaque brasileiro e passa a ter um outro ganho na leitura de textos.

Para os mais engajados, é bom lembrar que é possível realizar a leitura em voz alta. Pode parecer um pouco estranho, mas assim você percebe o que já sabe falar e quais são possíveis dificuldades. Essa é uma forma eficiente de aprender de forma completa!

Tipo de textos para explorar

Bem, agora que você já sabe como os textos podem ser bem explorados por quem está começando a aprender inglês, deve estar se perguntando por onde começar, certo? Bem, como adiantei, a maioria dos pesquisadores sugere começar pelos mais simples, pois assim fica fácil fazer com que os alunos leiam (e compreendam), pratiquem as novas palavras e treinem a pronúncia.

O ideal é que tudo aconteça de forma bem leve, pois assim você consegue se dedicar a esta prática com mais facilidade.

Se você nunca teve contato com esse tipo de texto, então pode começar procurando alguns modelos pela internet ou, caso ainda fique inseguro, em livros de estudo ou das escolas de inglês. Caso queira modelos ainda mais simples, uma dica é começar com os textos para crianças – pois são simples e tornam o entendimento bem mais fácil.

Exemplos ideais para quem está começando a aprender inglês

Para não ficar perdido sobre que tipos de texto adotar, separei 2 modelos para você. Veja:

Tom is very handsome, young, and successful. He’s a famous actor. He’s also very rich. His house near the beach is big and beautiful, and his car is very expensive. His fans love him. But is he happy?

Tom says, “yeah, I’m young, rich, handsome, and famous. People think rich people are happy. That’s not always true!“

Tom’s brother, Mike, is his manager. He says, “Tom is only 18. He enjoys acting and entertaining people. But he’s not happy. He doesn’t like being famous.“

“It’s true,” Tom says. “I’m never alone. Reporters are everywhere. Wherever I go, they’re there. They’re outside my house all the time! That’s so annoying!“.

A hora de verificar o aprendizado

Depois de ler, faça as seguintes perguntas:

  • Consegue entender esse texto? Qual era a ideia central dele?
  • Ele apresenta alguma palavra desconhecida? Que tal pesquisar seu significado e incorporar no seu vocabulário?
  • Sabe como pronunciar cada uma das palavras que leu?

Esses são apenas alguns exemplos de perguntas, mas você pode incorporar outras dependendo da sua necessidade.

Esse texto é um exemplo de conteúdo pouco elaborado, mas que pode ser muito útil para quem está começando a aprender inglês. Como explora várias palavras diferentes, estruturas e contextos, fica bem mais fácil se familiarizar com o idioma. Conforme essas palavras se tornam comuns, então fica ainda mais tranquilo avançar para textos mais elaborados.

Partindo para outro texto

Marcos is hungry. He goes to the refrigerator for snacking some tasty treats before lunch.

Sara is Marcos’s mother. She is preparing a delicious pasta for lunch with a refreshing orange juice. Seeing Marcos eating a slice of cake, Sara says, ‘If you eat cake now, you will not be hungry for lunch’.

Upset, Marcos says he got up very early and is already starving, ‘Mom, I’m hungry’.

Que tal repetir agora as mesmas perguntas do texto anterior? Essa é uma ótima forma de evoluir, certo?

Outras dicas importantes

Pois bem, depois de ter dois ótimos textos como referência é bom saber como se posicionar e como agir nesse tipo de situação. Pensando nisso levantei aqui outras dicas que você pode incorporar quando for adotar essa prática:

Considere o tempo para leitura

O tempo que você desprende para ler um texto básico pode revelar muitas coisas. Quanto mais rápido você lê e compreende o que está sendo comunicado, então melhor é o seu nível de conhecimento em inglês.

É claro que algumas pessoas podem até ler rápido demais, mas se depararem com muitas palavras que não conhecem (o que não adianta nada). Por outro lado, se você lê e compreende o que está sendo comunicado, então é bom saber que esse é um bom sinal.

Portanto, esteja atento a qual é o seu tempo médio para leitura dos textos básicos em inglês. Mas lembre-se sempre de avaliar a velocidade em conjunto com seu grau de compreensão.

Analise os trechos que representaram dificuldade

Um ou outro trecho pode ser um pouco mais elaborado e, de forma bem natural, pode representar mais dificuldade. Uma dica é procurar entender o que cada uma das palavras desconhecidas significa ou ainda o que um trecho mais complicado quis elaborar.

Uma prática muito interessante para quem está começando a aprender inglês é anotar, pesquisar o seu significado e, em seguida tentar relacionar com alguma realidade do seu dia a dia. Escrever uma ou duas frases envolvendo a nova palavra ou estrutura que aprendeu é uma ótima estratégia. Isso acontece porque essa é uma forma eficiente de memorizar tudo com mais facilidade.

Treine a pronuncia

Como adiantei no começo desse texto, uma ótima dica é aproveitar a leitura dos textos para treinar a pronúncia. Você pode ouvir áudios, aprender como falar da forma correta e seguir praticando.

Caso tenha muitas dificuldades em perceber qual é o seu nível real, passe a gravar a leitura que você faz de algumas frases. Eu sei que isso pode soar um pouco estranho, mas quando ouvimos o nosso próprio inglês acabamos percebendo muitas oportunidades melhoria.

Se você ainda conta com o áudio pode aproveitar para comparar as duas pronúncias e seguir progredindo.

Crie “armadilhas” para que você tenha sempre que ler em inglês

Eu sou um grande defensor sobre um ambiente de imersão para aprender – e essa realidade não é diferente para quem está começando a aprender inglês. Se a sua ideia é se tornar fluente em inglês, então é bom ter contato com a língua o máximo de tempo que conseguir.

Eu sei que nem sempre temos tempo para ler um texto (mesmo que gostaríamos), mas você pode criar “armadilhas” que te obriguem a ter mais contato com o idioma. Um exemplo é mudar a linguagem dos seus dispositivos eletrônicos, como celular, computador e qualquer outra coisa.

Assim você acaba forçando seu cérebro a se acostumar com o inglês. Isto pode parecer pouco, mas ajuda muito na hora de associar as novidades de forma mais fácil. Vai por mim: você vai se surpreender com essas pequenas “leituras” no decorrer do dia!

Considere trechos mais curtos

Os textos mais curtos são os mais indicados para quem está começando a aprender inglês. Natural, já que são mais leves e “cansam” menos a mente. É isso mesmo: sua mente pode acabar ficando exausta por ser muito demandada em um texto complexo e grande. Por isso, opte pelos textos mais curtos, pois assim você garante 100% da sua atenção.

Ainda assim, caso decida começar a ler um texto maior, uma boa dica é isolar alguns trechos de forma a encurtar o tempo de leitura. Assim você percebe que a prática é um pouco mais leve, pois um texto muito grande pode acabar assustando. Sejamos francos: se concentrar assim é bem mais fácil!

Explore vídeos com textos

Existem hoje alguns vídeos no YouTube que contam histórias narradas com legendas. É isso mesmo: ele vai passando com o texto em inglês e, como você deve imaginar, representa uma ótima forma de associar tudo com mais facilidade.

Se você nunca viu nenhum vídeo desse tipo, então pode ser que se surpreenda como podem te ajudar. Convenhamos: essa é uma ótima forma de dar aquele upgrade nos seus conhecimentos – e o melhor de tudo: de forma consistente.

Não desista

A maioria das atividades não são nada fáceis no início. Se você já praticou algum esporte, por exemplo, então pode ser que tenha se surpreendido no começo. Vamos supor que você comece a treinar tênis. Basta um dia para perceber que a tarefa não está entre as mais fáceis.

Essa realidade também é aplicável no caso do inglês. Quando você começar a ler os textos, então pode ser que tenha dificuldade, mas é importante não desistir. Conforme o tempo vai passando você começa a dominar tudo com mais facilidade (e a fazer tudo de forma mais natural). Então, tenha em mente que a perseverança é a chave do sucesso!

Então, é isso!

Agora que você já sabe como os textos podem ser verdadeiros aliados para quem está começando a aprender inglês, conte com a ajuda dessa prática para alavancar os resultados que você tanto espera. Adote o hábito e surpreenda-se com os resultados!

E você, gostou do conteúdo? Então curta a nossa página no Facebook agora mesmo e acompanhe vários outros que temos produzido. Nos encontramos por lá! Até breve!

Comentários